domingo, 13 de novembro de 2011

Haicais de cór e salteado


Verso em órbita

o poeta orbita
em torno da pauta
como um astronauta!



Na ponta da língua

bafo da onça 
pintada na língua                  
em ponta de lança   



Em peregrinação

caminham as tintas
tocando nas cítaras:   
lira peregrina



Crocodilagem

no lago do idílio
só lágrimas
de crocodilo?



Analogia de noite e dia

o silêncio recorda 
vogais das nossas
cordas vocais 


(Cris de Souza)


(janis joplin, down on me)

19 comentários:

  1. Não contava com a minha astúcia? Sempre te aplaudo na fila do gargarejo. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu viajo, tu viajas, nós viajamos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. verso curto...lírica imensa...

    Beijinho com admiração, moça poeta!

    ResponderExcluir
  4. Sherazade do século XXI !!!

    Barbara.

    ResponderExcluir
  5. Haicaíta?

    Sabem do que mais?
    Belos haicais, muito bem,
    a Cris também faz

    ResponderExcluir
  6. Os fragmentos que compõem nossas impressões mundanas fazem os poetas escreverem belos versos. Parabéns!
    Quando puder, dê uma passada no “Que letra é?” tem sempre textos novos por lá!
    Ótimo trabalho e parabéns pelo blog!! Forte abraço!

    ResponderExcluir
  7. de cor e salteado
    a lira na língua
    e Joplin ao lado

    (e eu a viajar por aqui...)

    beijo, Cris!

    ResponderExcluir
  8. gostei das cordas vocais. Cante Janes, cante!

    ResponderExcluir
  9. o último texto mexeu
    a janis assenta como uma luva!
    Beijinho
    LauraAlberto

    (Será que me permites dizer aqui que não consigo comentar nos blogues que não permitem comentários aos anónimos?? a minha conta do google não me reconheçe. Obrigada)

    ResponderExcluir
  10. Gosto de astronautas :)
    E gosto de poeta sestrelares!
    beijosss

    ResponderExcluir
  11. Pequenas grandes delicadezas
    assaltam nossa alma.
    Da hora, Crisálida.

    ResponderExcluir
  12. Poesia em gotas e Joplin de fundo: que mais pedir? Aplausos...
    Beijos,

    ResponderExcluir
  13. cada pincelada, cada pinça
    em cada cílio com maestria
    deslumbra-se um novo
    em cada encanto
    ...


    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  14. Ei, Cris,
    vou brincar
    ai cais de cor e sal te a do

    Verso em órbita
    como um astronauta!
    Na ponta da língua
    em ponta de lança
    Em peregrinação
    lira peregrina
    Crocodilagem
    de crocodilo?

    E o último deixo inteiro

    Analogia de noite e dia
    o silêncio recorda
    vogais das nossas
    cordas vocais

    tudo muito bom Cris e Janis Joplin tem feitiço

    beijo grande

    ResponderExcluir
  15. demais...
    "pintada na língua
    em ponta de lança
    vogais das nossas
    cordas vocais"...

    moça de belos frutos
    cesta de poesia que fala
    salmos verdes do olhar...
    beijos (sonhos reais)... Cris!

    ResponderExcluir

Viajai-vos!