quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Dédalo


(vladimir kush)

bem te vi
traçado
em gizes anis
 nas dobras ardis
 do espaçamento 
 dédalo pelos  
    quatro cantos    
dos cataventos

(Cris de Souza)

26 comentários:

  1. sonorida e rima em sintonia com a poesia - maravilhosa!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Bom que vi :)

    Beijocas, Neguinha!

    Ah, bela foto do perfil. Que olhos são estes???

    http://vemcaluisa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. esses olhos são meus, nasci com eles.
    (mas servem ao mundo)

    beijo, nega!

    ResponderExcluir
  4. Dédalo de gizes e ventania febril
    pousados nos olhos de borboleta do teu perfil.

    Beijos

    Runa

    ResponderExcluir
  5. Construir labirintos, entre estes cataventos é obra de mestre.

    ResponderExcluir
  6. nem o mais escuro dos labirintos esconde aquele que se quer ver...
    um beijo para uns olhos que não conhecem a escuridão!

    ResponderExcluir
  7. tua mente inebria-se de tanta poesia
    que as borboletas colam
    nos moinhos
    ...

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  8. O Bem-te-vi é um passarinho que me dá saudades...

    Lindo texto, Cris, linda imagem de moinhos de borboletas. Minha admiração, meu carinho.

    Beijos,
    André

    ResponderExcluir
  9. Fiquei emaranhado nesses versos, será minha síndrome de Don Quixote atacando de novo?

    ResponderExcluir
  10. Minha querida, saudades desse teu doce poetar! Teus versos têm a leveza das borboletas e o perfume da brisa do luar... lindos!!!!

    Beijocas :)

    ResponderExcluir
  11. Ardis de caminhos dispostos para perder-se.
    Belezura, minha frô azul.

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Poemas sugestivos e belos estão neste espaço.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Nem sei o que dizer, Cris. Que gostei muito é meio sem graça, né? Deixo então um silêncio, dos bem grandes, desses que param todos os ventos mas não os cataventos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Bem ti vi nos versos agarrados ao poema!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. bem te vi a quatro cantos
    num poema super gostoso :)
    a pintura tudo bacana de surreal
    beijos, moça Cris-tal.
    * que linda da sua foto*

    ResponderExcluir
  16. Me perdi no labirinto... lamento!
    Não vi Dédalo, nem catavento.
    Estou triste Crhis...
    Um beijo
    com carinho
    Fátima

    ResponderExcluir
  17. Cris, vim parar aqui através de um grande amiga... e adorei o seu blog de pequenos poemas... abraços, Milene.

    http://melodiaemversos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Sempre maravilhosa, adoro teu estilo e já vão os anos que te leio, tudo de ótimo neste domingo, beijos !!!

    ResponderExcluir
  19. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog "relacionamento, vida e cotidiano". Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá, gostaria de saber o nome desta obra que vc postou, não encontro na internet e estou fazendo um trabalho sobre ela, se puder me ajudar envie um e-mail para: renatinhadeluca@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Viajai-vos!